Os Wayuu e o caribe colombiano

Cartagena costuma ser o ponto de partida para quem explora a costa caribenha da Colômbia. Além da proximidade das ilhas e praias paradisíacas, as construções coloniais, as cores e a alegria do centro histórico conquistam milhares de pessoas. E não é para menos. Cartagena é sensacional mesmo.

O outro lado da moeda é que a cidade é uma das mais pobres do país, junto com Valledupar, Barranquilla, Pereira, Ibagué e Yumbo. Não dá para ter tanta noção disso dentro da ciudad amurallada, mas é só cruzar o muro que o cenário começa a mudar. Seguindo viagem, o mesmo acontece em áreas turísticas onde a realidade de luta pela sobrevivência física e cultural da população contrasta com as paisagens, que são hermosas.

No caso dos Wayuu, muita gente conhece o nome por causa das bolsinhas que estão por todo lado na Colômbia. Mais que um souvenir, as bolsas são um símbolo da cultura e do trabalho de uma das maiores etnias indígenas de La Guajira, extremo nordeste Colombiano. Preservar território, recursos, vida e cultura é um exercício constante dos Wayuu. Um exemplo disso são os esforços para preservar a língua. Diversas línguas indígenas estão sob risco de extinção no território Colombiano, e o mesmo acontece com todos os países da América do Sul. Dá para ter uma noção disso no Atlas de Línguas em Perigo da Unesco.

Acredito muito no quanto viajar tem muito a ver com entender outras realidades para encontrar nosso papel no mundo. E isso acontece quando a gente para um minuto para ver não só o que deveríamos ver como turistas, viajantes, mochileiros, whatever, mas também enxergar as coisas como elas são. Lo malo y lo bueno.

E lo bueno é que o caribe colombiano conquista. Eu mesma tô louca para voltar e explorar mais. Não tive tempo de ir até Santa Marta, a cidade que serve de ponto de partida para outros destinos incríveis. Compartilho minha wishlist dos lugares que quero visitar por lá:

Parque Nacional Tayrona

A 34km de Santa Marta, é uma das maiores atrações da Colômbia. É enorme e tem praias lindas, montanhas e paisagens de tirar o fôlego.

Ciudad Perdida

O sítio arqueológico era a capital da antiga civilização Tayrona e acredita-se que foi construída até mesmo antes de Machu Picchu, a cidade perdida mais famosa do nosso continente. Hoje é patrimônio da humanidade e rolam vários passeios (geralmente de 6 dias) passando por regiões de floresta e plantações de café.

Sierra Nevada

É a maior montanha costeira do mundo. A rica diversidade na fauna e na flora se mistura com vários grupos de etnias ameríndias, como Kogi, Arhuaco, Wiwa e Kankuamo. Dá para fazer tours de 3 a 6 dias.

Processed with VSCO with a6 preset
lo lindo do caribe colombiano

Now Playing: Es como el día – Kevin Johansen

Anúncios

4 comentários em “Os Wayuu e o caribe colombiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s