Bogotá, Festa e Música <3

Se tem uma coisa que eu aprendi com os Colombianos é que ‘Todo se olvida bailando’.

Você pode gostar ou não, mas na Colômbia parece que todo mundo dança no DNA. Fiquei impressionada com o quanto gostam de bailar, bailar e bailar. Além da pura malemolência, é lindo de ver o quanto cantam com a maior emociónnnn! Uma das minhas lembranças da vida noturna de Bogotá foi ser a única que não conhecia um certo hit Colombiano enquanto o bar inteiro cantava e gritava a música inteira a plenos pulmões – #gringadetected

dsc_0329

 

Para acompanhar a animação, o esquenta começa cedo em Bogotá e é regado a ‘Nectar’. Bebe-se que nem tequila, um shot atrás de outro: brindando la vida, la noche, el amor, ou qualquer coisa. Eu não sou muito fã de aguardente, mas entrei no clima. Até porque era uma mão na roda pro frio – se faz frio em Bogotá durante o dia, imagine durante a noite!

A região da Zona Rosa bomba. A Zona T tem opções para todos os gostos, e como era perto da casa das minhas amigas, eu acabei saindo muito por ali mesmo. Tem vários ‘bares animados’, perfeitos para aqueles dias que você não quer bar e nem balada, já que eles ficam no meio termo – dá pra sentar, dá pra conversar, mas também dá pra bailar. MUCHO.

Fiquei apaixonada pela Bogotá Beer Company, la cervecería pequeña más grande de Colombia. Tem várias espalhadas pela cidade e é obrigatório para quem curte pubs e cerveja. A Monserrate Roja é maravilhosa. O Bar Céntrico é a opção para tragos bem feitos e vista bonitona!

E claaaaaaaro, uma vez na Colômbia, prepare-se para ouvir muito reggaeton. Não esperava menos da terra de Maluma e J Balvin e, como eu adoro (puro guilty pleasure!), me joguei mesmo. A Mint, queridinha das minhas amigas, é bem legal para dançar não só Reggaeton, mas também Salsa e Champeta – e qualquer outro ritmo Colombiano que eu sinceramente não soube diferenciar muito bem, rs.

dsc_0331

 

Também não deixei de conhecer o SUPER famoso Andrés Carne de Res. É turístico sim, mas os locais também aparecem. Pelo que me disseram as chicas, é um lugar super comum para comemorar aniversário ou festejar qualquer coisa com um grupo grande de amigos. RE DIVERTIDO!

É legal acompanhar a agenda da cidade no Bogotá CulturalBogotá Vive ou Cívico, além de acompanhar o Bogotá Eats caso role aquela larica depois do rolê.

E Para provar que nem só de Reggaeton vive a música Colombiana, deixo algumas sugestões musicais alternativas. Em alguns dos vídeos dá até pra ver um pouco de Bogotá, enjoy!

Monsieur Periné

A banda é de Bogotá e é liderada pela Catalina García. Som delícia para ouvir na praia ou numa tarde de verão.

Esteman

Esteban Mateus é talentoso e as canções são super divertidas.

Juan Pablo Vega

Juan tem uma pegada mais romance. Mesmo assim, o cara é bonitão e eu gosto muito dessa música que ele canta com a chica do Monsieur Periné.

Bomba Estéreo

Uma vibe mais caribenha e uma fusão de ritmos apaixonante. Curto mucho!

Conclusão: que saudade absurda, Colômbia! Bogotá para mim era parada obrigatória só para visitar as amigas de lá, mas me surpreendi demais. Encontrei uma cidade que me encantou e quiero volver ❤

Now Playing: Monsieur Periné – Los viejos amores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s